Mulungu do Morro

Loading...

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

mortos assaltantes do Banco do Brasil de Formosa do Rio Preto






Foi morto na última sexta-feira (18), em confronto com a polícia, mais um integrante do bando acusado de assaltar, no dia 7 deste mês, a agência do Banco do Brasil de Formosa do Rio Preto, no Oeste baiano. O bandido portava um documento em nome de Carlos José de Souza, 32 anos, mas, segundo a polícia, o RG pode ser falso.

Antes de ser morto, o acusado roubou um Fiat Strada em Formosa, mas capotou durante o tiroteio. Com ele foi encontrada uma submetralhadora 9 mm. Também ontem, o delegado André Lima, de Barreiras, no Oeste, apresentou outro integrante da quadrilha, Edgar Silva Freitas, capturado na quarta- feira pela polícia do Tocantins, onde os bandidos estavam escondidos. Amaury Silva Araújo, baleado na mão e internado no estado vizinho, ainda será transferido para Barreiras.

No tiroteio de quarta, três assaltantes foram mortos: Cristiano Lima, João Eudes Souza Rios, vulgo Eudinho, e Valternei Câncio Miranda, o Tenei. Todos já tinham passagem pela polícia por roubo. Segundo a polícia, um criminoso ainda está na mata próxima à cidade de Mateiros (TO), perto da divisa com a Bahia. Ao todo, R$ 234 mil já foram recuperados e devolvidos ao banco de Formosa, o que representa cerca de dois terços do total roubado, segundo o delegado André Lima.

Com os assaltantes também foram encontradas seis armas, entre elas uma pistola da PM da Bahia roubada num assalto a banco em Mundo Novo, em julho de 2010, e um colete balístico subtraído em dezembro, na cidade de Santana. De acordo com Lima, o grupo faz parte de uma quadrilha maior, especializada em assaltos a banco, liderada por Franklin Araújo, que está foragido. Os integrantes são todos de cidades da região de Irecê.

Em 2008, após a prisão de Araújo, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que havia desmontado o maior bando de assalto a bancos da Bahia. Agora, a SSP informa que está implantando uma força-tarefa das polícias Civil, Militar e Federal para combater os assaltos. Segundo a secretaria, o investimento vai passar dos R$ 15 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário